Tecnologias‎ > ‎Web‎ > ‎

Html/Dhtml/Xhtml


Conhecimentos

Todo o meu desenvolvimento para a internet é em html ou dhtml ou xhtml, hoje em dia com a versão 5.0 muitos recursos foram implementados e todos eles podem ser usados livremente em sistemas ou páginas desenvolvidas por mim.

O que é

Quase todas as páginas hoje disponíveis na internet usam de alguma dessas tecnologias para apresentar suas informações.
Muitos confundem HTML/DHTML/XHTML como linguagens de programação, porem são como o próprio nome diz em todos os casos HyperText Markup Language (Linguagens de Marcação de Hipertexto), é apenas um linguagem que define como as informações serão apresentadas na tela. Existe um orgão sem fins lucrativos que ajuda no entendimento e boas práticas para estas tecnologias e muitas outras, ele se chama World Wide Web Consortium, comumente conhecido como W3C.

Html

HTML (acrônimo para a expressão inglesa HyperText Markup Language, que significa Linguagem de Marcação de Hipertexto) é uma linguagem de marcação utilizada para produzir páginas na Web. Documentos HTML podem ser interpretados por navegadores. A tecnologia é fruto do "casamento" dos padrões HyTime e SGML.

HyTime é um padrão para a representação estruturada de hipermédia e conteúdo baseado em tempo. Um documento é visto como um conjunto de eventos concorrentes dependentes de tempo (como áudio, vídeo, etc.), conectados por hiper-ligações. O padrão é independente de outros padrões de processamento de texto em geral.

SGML é um padrão de formatação de textos. Não foi desenvolvido para hipertexto, mas tornou-se conveniente para transformar documentos em hiper-objetos e para descrever as ligações.


Dhtml

Dynamic HTML, ou DHTML, é a união das tecnologias HTML, Javascript e uma linguagem de apresentação, como folhas de estilo CSS aliada a um Modelo de Objeto de Documentos, para permitir que uma página Web seja modificada dinamicamente na própria máquina cliente, sem necessidade de novos acessos ao servidor web.

Atualmente há pelo menos três grandes grupos trabalhando no DHTML: o W3C, que é o responsável pelas versões oficiais da HTML, a Netscape, e a Microsoft.

Em relação a especificação oficial, a Netscape e a Microsoft incluíram vários recursos extras que ajudaram ainda mais o DHTML. Sendo assim, esses DHTMLs vão algo além da capacidade de alterar as propriedades das marcações tags HTML dinamicamente. O DHTML da Microsoft, por exemplo, permite que se adicionem efeitos como sombra e néon a imagens dentro de um documento HTML. Outro recurso conhecido como Fontes Dinâmicas (Dynamic Fonts), da Netscape, permite que fontes sejam transmitidas pelo servidor junto com o documento HTML, possibilitando, a qualquer browser que implemente esse recurso, mostrar os caracteres exatamente como planejou o autor do documento. Resumindo, DHTML é um conjunto de ingredientes que proporcionam um controle sem precedentes sobre a apresentação do conteúdo de páginas da Web, além de possibilitar a inclusão de componentes multimédia, como animações, diretamente no código HTML, sem a necessidade de plug-ins. Toda a curiosidade em torno do HTML Dinâmico se justifica então, já que o mesmo estabelece novos patamares de interação e movimento na internet a um baixo custo - medido em velocidade, abrangência e flexibilidade, por exemplo, melhor do que em moeda corrente.

Xhtml

O XHTML, ou eXtensible Hypertext Markup Language, é uma reformulação da linguagem de marcação HTML baseada em XML. Combina as tags de marcação HTML com regras da XML; este processo de padronização tem em vista a exibição de páginas Web em diversos dispositivos (televisão, palm, celular, etc). A intenção é melhorar a acessibilidade.

O XHTML consegue ser interpretado por qualquer dispositivo, independentemente da plataforma utilizada, pois as marcações possuem sentido semântico para as máquinas. O HTML não consegue esta implementação. No entanto, não existem muitas diferenças entre o HTML e o XHTML. Para verificar se uma página XHTML está bem construída, o melhor método é validar o código através de uma aplicação Web disponibilizada pela organização W3C.